Tags

, , ,

Do Portal Terra

Aos 31 anos, a jornalista Laura Navajas chegou ao salão NaBahia como uma exceção entre as mulheres. Ao contrário da grande maioria das brasileiras, Laura nunca havia aplicado qualquer química em suas madeixas. (Só para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada o ano passado pelo Ibope em parceria com a Unilever mostrou que nada menos que 86% das participantes têm algum tipo de coloração nos fios). Mas a participante se mostrou disposta a mudar de time.

Para sua sorte – e também aprovação, o cabeleireiro Ernani Fernandes não propôs nada radical. “Minha ideia é fazer um reflexo com papel, clareando uns três tons do cabelo da Laura”, disse. O profissional ainda optou por não usar descolorante. “Como o cabelo dela é virgem, vou usar uma tinta clareadora que é mais leve e não danifica tanto quanto o pó descolorante”, explicou.

Coloração definida, o hairstylist deu início ao processo. A técnica usada foi a eriçada – aquela em que a mecha é desfiada com um pente fino e o produto é aplicado nas pontas que se mantêm intactas. “As mechas vão ficar definidas, mas bem naturais com as pontas mais claras”, comentou Ernani. Depois da ação da tinta clareadora, que foi de aproximadamente 40 minutos, o cabelo de Laura foi lavado e condicionado com os produtos da linha profissional da Seda.

Chegada a hora do corte, Laura se mostrou apreensiva. “Tenho medo de cortar e ficar com o rosto muito redondo, pois estou acima do peso”, reclamou. Ernani entendeu a preocupação da jornalista e logo a tranquilizou. “Vou apenas definir o corte. Não quero deixar o cabelo no ombro, pois não vai valorizar o rosto dela. Ela já tem os fios bem lisos”, afirmou. A opção, então, foi por tirar apenas três dedos do comprimento e dar uma leve repicada para dar leveza.

A etapa final da transformação começou com a escova. Depois dela feita, Ernani fez rolinhos nas mechas e levou Laura para a cadeira da maquiagem, que teve direito até a cílios postiços. Por último, ele soltou os rolinhos e deu uma última ajeitada no novo cabelo da participante, que ficou mais do que satisfeita. “Simplesmente, adorei”, resumiu. Difícil agora vai ser nossa modelo voltar a seu antigo time.

 

Fotos: Andrea Felizolla